Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de junho de 2010

GP da Espanha 2010

Misture um aniversário de um brother, com cerveja e run até as 4 da manhã mais Copa do Mundo e jogos as 11h e 15h30 = Não dá pra assistir as corridas com o habitual café da manhã e foco nos pilotos e suas aventuras na pista. Pois é, foi isso mesmo que aconteceu no último GP. Não vi, sequer, o voo da RBR. Vi sim o Vettel voando na frente, de ponta a ponta. Vi uma busca pela primeira posição com Hamilton acelerando. Nada mais. Ah sim, garotas num camarote pra lá de confortavel, mas de musas não tinham nada, aliás sobrou estrias e celulites. Um camarote arrumadinho, porém fake, falso. O ruim deste circuito de rua é que é muito difícil ultrapassar, diria impossível, só não falaram pro japonês Kobayashi, que estava em 9 e na última volta ultrapassou Alonsoi e Buemmi. Massa largou em quinto e chegou em décimo quinto, Rubinho bateu na trave, quase subiu no pódium, largou em nono e chegou em quarto. De resto sem novidade. Ops tem sim. Lucas de Grassi e Bruno Senna não quebraram, chegando em décimo sétimo e vigésimo lugar.



















Nenhum comentário: