Pesquisar este blog

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Cruel Intentions - Trilha sonora

A trilha apresenta algumas canções manjadas mas que em 1999, ano de lançamento do filme caíram no gosto e pra dizer bem a verdade são músicas de excelente qualidade, como é o caso de Placebo “Every you Every me” Fat Boy “Praise you” e Blur com a belíssima “Coffee na TV”. Na trilha você também ouve a banda Mercy Playground, conhecida pelo hit Sex and Candy ( 1998) numa ótima canção “coming up from behind” com uma guitarra ritmada, uma batera de caixa com som aberto e uma levada em clima de suspense. Tem aquele melzinho na chupeta, pra dançar juntinho de rosto colado com “colorblind” de Counting Crows e a artista, cantora e as vezes modelo Deborah Dyer ( no estilão Grace Jones ) também conhecida com Skin a frente da sua ex-banda Skank Anancie, com a nebulosa porém lindíssima “Secretly” , aquele British pop anos 90, saca ? A trilha segue com alguns sons que aguçam a alma feminina, se me permitem citar desta maneira, como a escosesa Craig Armstrong acompanhada de Elizabeth Fraser vocal do Cocteau Twins em  “This Love”, Aimee Mann “You Could Make A Killing” , Aimee ex-vocal da banda oitentista ‘Til Tuesday  que emplacou alguns hits e que você também pode ouvi-la em Magnólia com “wise up” numa das cenas mais dramáticas do filme, um som maravilhoso. Seguimos com Abra Moore – “Trip On Love” e pra fechar essa trilha o não menos brilhante e  impecável Faithless “Addictive” , The Verve  “Bitter Sweet Symphony” que se vc não sabe, fique sabendo é de composição de  Keith Richards / Mick Jagger / Richard Ashcroft idos de 60.  Na trilha tem um som que vale discutir o bom e velho plágio, Bare Jr com “You blew me off” música de 1998 composição do próprio, mas se voltarmos a 1973 com Gary Glitter “rock and roll part 2” ou em 2009 com a banda Billy Boy on Poison “on my way” conseguiremos ouvir a mesma batida e quase o mesmo som. Deixo essa pra vocês pensarem.

Fonte : allmusic.com

Nenhum comentário: