Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

GP da Europa - Dá-lhe Rubinho - Senta a bota

É my brother, desta vez foi. A vitória número 100 de todos os pilotos brasileiros na fórmula 1. A vitória número 10 de Rubinho. Irei fazer aqui a minha mea culpa. Disse nos posts anteriores que não torceria mais para o Pé-de-Chinelo, mas ontem não tive como não torcer. A corrida começou em ritmo frenético e logo de cara o Hamilton disparou, seguido por Kovalainen e Rubinho. Kovalainen por sinal segurando o Rubinho como tática da equipe. Mas não teve jeito, os pneus da Brawn e a tática do mestre desta vez foram certeiras. Primeiro pit, jogo de pneus duros, volta em segundo, passa o Kovalainen. Segundo pit, jogo de pneus duros, volta colado no primeiro lugar. A McLaren apostou no jogo de pneus soft (mole) no primeiro trecho antes das paradas. Foi bem, mas na última perna, o pneu soft da Brawn andou mais e levou Rubinho ao primeiro ligar, virando volta mais baixa atrás de volta mais baixa, numa briga particular com Hamilton. "Vocês sabem que eu acredito, sonho e trabalho muito. Acho que essa é a única maneira de me colocar em uma situação vencedora", disse Barrichello. "Claro que (a vitória no GP da Europa) me coloca em uma situação melhor no campeonato. Só tenho que continuar a trabalhar e acho sim que é muito, muito possível (ser campeão da F1)", afirmou. Já a Ferrari, não quis convidar o Nelsinho, que já estava no meio e entrosado com o circo da F1, chamou Luca Badoer e se deu mal, o cara mal saiu do lugar, aliás chegou em penúltimo na frente apenas do filho da lenda dos retardatarios, Kazuki Nakajima. A próxima corrida será neste domingo, GP da Bélgica - Spa-Francochamps.

Nenhum comentário: