Pesquisar este blog

sexta-feira, 13 de março de 2015

500 Days of Summer

A trilha sonora desta comédia romântica de 2009 conta com artistas contemporâneos e clássicos. Uma mescla de ótimos artistas com ótimas canções.

De início a trilha apresenta Mychael Danna & Rob Simonsen - A Story Of Boy Meets Girl Mychael Dana é um artista de músicas tipo new age, ouça o álbum Sirens de 1991, celtas e dono de inúmeras trilhas sonoras que você já ouviu, por exemplo Little Miss Sunshine, Life of Pie Camelot.
Na trilha também temos dois sons de Regina Spektor, US e Hero. Regina Spektor é uma soviética que aos nove anos saiu de Moscou rumo ao Bronx, NY. Suas músicas quase sempre tem um tom intimistas e são bastante intensas. Seu primeiro álbum foi em 2001 e aqui no Brasil fez relativo sucesso em 2012 inclusive veio ao Lollapalooza em 2013. Vale a pena ouvir seus álbuns.

The Black Lips é uma banda de indie garage rock alternativo estudantil, sabe como ? Na trilha ouvimos o som Bad Kids extraido do albun de 2007 Good Bad Not Evil. A banda tem uma discografia desde 2003 e vale a pena tirar alguns minutos para ouvi-los.

The Smiths manda dois sons na trilha, There Is A Light That Never Goes Out e a honesta Please, Please, Please, Let Me Get What I Want Smiths dispensa qualquer apresentação, Smiths é Smiths.
Daryl Hall and Jonh Oates ou Hall and Oates é uma dupla de enorme sucesso, com incontáveis prêmios e singles desde 1972. Nos anos 80 músicas como Out of Touch, I Can't go for That, Maneater fizeram a cabeça da galera. Clássico ! No filme o som deles é You make my dreams.
Simon and Garfunkel em pouco mais de um minuto com o som Bookends faz aquele climão setentista woodstock.

O power trio australiano Wolfmother ( baixo teclado e bateria ) aparece com o som Vagabond de 2006. Provavelmente você conhece os caras se você jogou Guitar Hero e detonou Woman ou se jogou Need for Speed Carbon, assistiu Se beber não case, JackAss 2 ou Sherek 3 ouviu Joker and The Thief. Uma banda que tem influências de  Black Sabbath, Led, Yes, Rush, White Stripes e QOTSA só poderia dar coisa boa.
Segue o som com Mushaboom de Leslie Fiest, ou Fiest, que é uma canadense dona de uma voz suave e macia aos ouvidos. Fiest participa e faz músicas para outras trilhas, você pode ouvir em The Twilight pt2 e Grey's Anatomy.
Covers fazem parte da trilha. Primeiro a canadense, filha de músicos do jazz e soul, Meaghan Smith faz The Pixies- Here Comes your man, Meaghan também aparece nos seriados One Tree Hill e Grey's Anatomy.

She & Him, dupla com Zooey Deschanel (vocais, piano e ukulele ) e M. Ward (guitarra e producão ) fazem a cover do som dos Smiths Please, Please, Please, Let Me Get What I Want
Mantendo a boa forma a lindíssima Carla Bruni traz um pop francês de primeira. Sim ela mesma, modelo, atriz, cantora e esposa de Nicolas Sarkozy desde 2008. A música é Quelqu'un M'a Dit é também o título de seu primeiro álbum.

Seguimos com a banda Munn-Ra e o som Shes got you high e sim, o nome da banda faz menção aos Thundercats. O estilo é aquele colegial meio manjado, tipo The Kooks e Kaiser Chiefs, mas bom.
Tem Sweet Disposition do The Temper Trap, uma banda com pegadas U2 e Arctic Monkeys com um som de 2009/2010 que foi muito bem recebido. Esse é bom.


Uma trilha que passeia por muitos estilos nas 16 faixas em pouco mais de 52 minutos.

Nenhum comentário: